CONHEÇA QUEM SÃO OS 18 PRÉ-CANDIDATOS QUE PRETENDEM DISPUTAR O PALÁCIO DO PLANALTO ~ Blog do Abraão Barros Parambu

quinta-feira, 19 de julho de 2018

CONHEÇA QUEM SÃO OS 18 PRÉ-CANDIDATOS QUE PRETENDEM DISPUTAR O PALÁCIO DO PLANALTO



Ainda com cenário de indefinições, 18 pré-candidatos desejam homologar suas candidaturas e disputar o Palácio do Planalto, nas eleições desse ano. As convenções se iniciam nesta sexta feira, 20 de julho e se encerra no dia 5 de agosto.

Conheça quem são os pré-candidatos que desejam chegar ao maior cargo eletivo do Brasil através do voto.

Aldo Rebelo (SD)
Ex-ministro de Lula e Dilma, Aldo Rebelo deixou o PCdoB após mais de 40 anos, teve curta passagem pelo PSB e diz ter identificação com os líderes do Solidariedade.

Álvaro Dias (Pode)
Senador da República, Álvaro Dias busca a adesão de partidos de centro para ganhar força na disputa. Uma de suas ideias é fazer uma "reforma da reforma trabalhista".

Ciro Gomes (PDT)
Ex-ministro de Lula e Itamar Franco, além de governador do Ceará e prefeito de Fortaleza, Ciro Gomes é um dos maiores críticos do governo atual e defende um maior compromisso fiscal.

Geraldo Alckmin (PSDB)
Governador de São Paulo por dois mandatos consecutivos e presidente nacional do PSDB, Alckmin disputou as eleições de 2006, mas acabou derrotado por Lula no segundo turno.

Guilherme Afif Domingos (PSD)
Presidente licenciado do Sebrae Nacional e ex-ministro de Dilma, Guilherme Afif Domingos chegou a disputar as eleições presidenciais de 1989, quando Fernando Collor venceu o pleito.


Guilherme Boulos (PSol)
Membro da Coordenação Nacional do MTST, Boulos é considerado uma das principais lideranças da esquerda no Brasil. O ativista político, no entanto, nunca foi eleito para um cargo público.

Henrique Meirelles (MDB)
Atual ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Central no governo Lula, Meirelles deve ser o candidato de Temer nas eleições. Defensor da gestão atual, defende as reformas fiscais.


Jair Bolsonaro (PSL)
Cumprindo seu sétimo mandato como deputado federal, Bolsonaro é militar da reserva e um dos nomes mais bem posicionados nas últimas pesquisas de intenção de voto. Ganhou visibilidade na internet por seus posicionamentos conservadores e críticas à esquerda, em especial ao PT.

João Amoêdo (Novo)
Com uma carreira bem-sucedida na iniciativa privada, tendo trabalhado em empresas como Citibank, Unibanco e BBA-Itaú, João Amoêdo é o fundador do Partido Novo e se diz "liberal".

João Vicente Goulart (PPL)
Filho do ex-presidente João Goulart, o pré-candidato do PPL foi um dos fundadores do PDT, mas deixou o partido em 2017 por estar insatisfeito com o atual presidente da sigla, Carlos Lupi.

José Maria Eymael (DC)
Fundador e atual presidente do DC, Eymael já se candidatou à Presidência quatro vezes (1998, 2006, 2010 e 2014), sendo derrotado em todas. Se autointitula um "democrata cristão".


Levy Fidelix (PRTB)
Fundador do PRTB, Fidelix ficou conhecido por sua defesa veemente do “aerotrem”. Além de propostas inusitadas, o política costuma entrar em polêmica com a comunidade LGBT.


Lula (PT)
Preso há mais de três meses após condenação na Lava-Jato, Lula é uma das maiores incógnitas das eleições 2018. Líder das principais pesquisas de intenção de voto, o ex-presidente é considerado pelo PT a única opção até o momento, mas deve ser declarado inelegível pelo TSE.


Manuela D'Ávila (PCdoB)
Deputada estadual pelo Rio Grande do Sul, Manuela se diz defensora da democracia e da liberdade de Lula. Um de suas principais bandeiras é a luta por direitos humanos e das mulheres.


Marina Silva (Rede)
Em sua terceira tentativa de chegar à Presidência, Marina é conhecida por defender as causas ambientais e sua aproximação com a comunidade evangélica. Foi Senadora da República pelo Acre e ministra do Meio Ambiente no governo Lula. Tem aparecido bem nas pesquisas de intenção.


Paulo Rabello de Castro (PSC)
Ex-presidente do BNDES e do IBGE, Paulo Rabello é considerado um economista conceituado no País. Crítico do governo Temer, ele alega que as reformas propostas estão mal formuladas.


Rodrigo Maia (DEM)
Conhecido por sua proximidade com Temer, o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, tem tentado se afastar do atual presidente nos últimos tempos. Ele já chegou a declarar que pode desistir de se lançar candidato e apoiar outro nome, como Geraldo Alckmin ou Ciro Gomes.


Vera Lúcia Salgado (PSTU)
Ex-operária e sindicalista, Vera Lúcia Salgado foi filiada ao PT até o conflito interno que culminou na criação do PSTU, em 1992. Hoje, é crítica de seu antigo partido e de outros setores da esquerda, como o PSol. Em entrevista recente, disse que “Lula se lambuzou com a corrupção".

Fonte: Diário do Nordeste.

CURTA NOSSA PÁGINA

Todos os direitos reservados Abraão Barros. Tecnologia do Blogger.

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

MERCHANDISING

MERCHANDISING

VENDE-SE TERRENOS!

VENDE-SE TERRENOS!
Para quem sonha com um cantinho para construir!

MAIS SAÚDE

MAIS SAÚDE

COMERCIAL SÃO MATEUS

LOJA CENTER MIX

LOJA CENTER MIX
Clique na imagem e conheça nossa loja virtual!

ÓTICAS MARINHO

CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS

CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS

Arquivos de Notícias

VALE A PENA OUVIR

SIGA O AUTOR DO BLOG NO G+

Visualizações de página

MAIS LIDAS DA SEMANA