CONHEÇA QUEM SÃO OS 18 PRÉ-CANDIDATOS QUE PRETENDEM DISPUTAR O PALÁCIO DO PLANALTO ~ Blog do Abraão Barros Parambu

quinta-feira, 19 de julho de 2018

CONHEÇA QUEM SÃO OS 18 PRÉ-CANDIDATOS QUE PRETENDEM DISPUTAR O PALÁCIO DO PLANALTO



Ainda com cenário de indefinições, 18 pré-candidatos desejam homologar suas candidaturas e disputar o Palácio do Planalto, nas eleições desse ano. As convenções se iniciam nesta sexta feira, 20 de julho e se encerra no dia 5 de agosto.

Conheça quem são os pré-candidatos que desejam chegar ao maior cargo eletivo do Brasil através do voto.

Aldo Rebelo (SD)
Ex-ministro de Lula e Dilma, Aldo Rebelo deixou o PCdoB após mais de 40 anos, teve curta passagem pelo PSB e diz ter identificação com os líderes do Solidariedade.

Álvaro Dias (Pode)
Senador da República, Álvaro Dias busca a adesão de partidos de centro para ganhar força na disputa. Uma de suas ideias é fazer uma "reforma da reforma trabalhista".

Ciro Gomes (PDT)
Ex-ministro de Lula e Itamar Franco, além de governador do Ceará e prefeito de Fortaleza, Ciro Gomes é um dos maiores críticos do governo atual e defende um maior compromisso fiscal.

Geraldo Alckmin (PSDB)
Governador de São Paulo por dois mandatos consecutivos e presidente nacional do PSDB, Alckmin disputou as eleições de 2006, mas acabou derrotado por Lula no segundo turno.

Guilherme Afif Domingos (PSD)
Presidente licenciado do Sebrae Nacional e ex-ministro de Dilma, Guilherme Afif Domingos chegou a disputar as eleições presidenciais de 1989, quando Fernando Collor venceu o pleito.


Guilherme Boulos (PSol)
Membro da Coordenação Nacional do MTST, Boulos é considerado uma das principais lideranças da esquerda no Brasil. O ativista político, no entanto, nunca foi eleito para um cargo público.

Henrique Meirelles (MDB)
Atual ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Central no governo Lula, Meirelles deve ser o candidato de Temer nas eleições. Defensor da gestão atual, defende as reformas fiscais.


Jair Bolsonaro (PSL)
Cumprindo seu sétimo mandato como deputado federal, Bolsonaro é militar da reserva e um dos nomes mais bem posicionados nas últimas pesquisas de intenção de voto. Ganhou visibilidade na internet por seus posicionamentos conservadores e críticas à esquerda, em especial ao PT.

João Amoêdo (Novo)
Com uma carreira bem-sucedida na iniciativa privada, tendo trabalhado em empresas como Citibank, Unibanco e BBA-Itaú, João Amoêdo é o fundador do Partido Novo e se diz "liberal".

João Vicente Goulart (PPL)
Filho do ex-presidente João Goulart, o pré-candidato do PPL foi um dos fundadores do PDT, mas deixou o partido em 2017 por estar insatisfeito com o atual presidente da sigla, Carlos Lupi.

José Maria Eymael (DC)
Fundador e atual presidente do DC, Eymael já se candidatou à Presidência quatro vezes (1998, 2006, 2010 e 2014), sendo derrotado em todas. Se autointitula um "democrata cristão".


Levy Fidelix (PRTB)
Fundador do PRTB, Fidelix ficou conhecido por sua defesa veemente do “aerotrem”. Além de propostas inusitadas, o política costuma entrar em polêmica com a comunidade LGBT.


Lula (PT)
Preso há mais de três meses após condenação na Lava-Jato, Lula é uma das maiores incógnitas das eleições 2018. Líder das principais pesquisas de intenção de voto, o ex-presidente é considerado pelo PT a única opção até o momento, mas deve ser declarado inelegível pelo TSE.


Manuela D'Ávila (PCdoB)
Deputada estadual pelo Rio Grande do Sul, Manuela se diz defensora da democracia e da liberdade de Lula. Um de suas principais bandeiras é a luta por direitos humanos e das mulheres.


Marina Silva (Rede)
Em sua terceira tentativa de chegar à Presidência, Marina é conhecida por defender as causas ambientais e sua aproximação com a comunidade evangélica. Foi Senadora da República pelo Acre e ministra do Meio Ambiente no governo Lula. Tem aparecido bem nas pesquisas de intenção.


Paulo Rabello de Castro (PSC)
Ex-presidente do BNDES e do IBGE, Paulo Rabello é considerado um economista conceituado no País. Crítico do governo Temer, ele alega que as reformas propostas estão mal formuladas.


Rodrigo Maia (DEM)
Conhecido por sua proximidade com Temer, o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia, tem tentado se afastar do atual presidente nos últimos tempos. Ele já chegou a declarar que pode desistir de se lançar candidato e apoiar outro nome, como Geraldo Alckmin ou Ciro Gomes.


Vera Lúcia Salgado (PSTU)
Ex-operária e sindicalista, Vera Lúcia Salgado foi filiada ao PT até o conflito interno que culminou na criação do PSTU, em 1992. Hoje, é crítica de seu antigo partido e de outros setores da esquerda, como o PSol. Em entrevista recente, disse que “Lula se lambuzou com a corrupção".

Fonte: Diário do Nordeste.

CURTA NOSSA PÁGINA

Todos os direitos reservados Abraão Barros. Tecnologia do Blogger.

MERCHANDISING

MERCHANDISING

MAIS SAÚDE

MAIS SAÚDE

PARTICIPE DO NATAL PREMIADO CDL

PARTICIPE DO NATAL PREMIADO CDL

COMERCIAL SÃO MATEUS

LOJA CENTER MIX

LOJA CENTER MIX
Clique na imagem e conheça nossa loja virtual!

ÓTICAS MARINHO

Arquivos de Notícias

VALE A PENA OUVIR

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

SIGA O AUTOR DO BLOG NO G+

Visualizações de página

MAIS LIDAS DA SEMANA