Eduardo Cunha recebeu propina de R$ 52 milhões em parcelas, diz delator ~ Blog do Abraão Barros Parambu

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Eduardo Cunha recebeu propina de R$ 52 milhões em parcelas, diz delator



O deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) está cada vez mais encrencado com a Justiça. O empresário Ricardo Pernambuco Júnior, da empreiteira Carioca Engenharia, entregou aos investigadores da Lava Jato uma tabela que aponta 22 depósitos somando US$ 4.680.297,05 em propinas supostamente pagas ao presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) entre 10 de agosto de 2011 e 19 de setembro de 2014. Segundo o colunista Fausto Macedo, do jornal O Estado de S. Paulo, o empreiteiro afirma que empresas relacionadas às obras do Porto Maravilha, no Rio, deveriam pagar R$ 52 milhões ou 1,5% do valor total dos Certificados de Potencial de Área Construtiva (Cepac) a Eduardo Cunha. As parcelas seriam pagas em 36 vezes e a parte que caberia à Carioca era de R$ 13 milhões.

A tabela mostra que, somente em 2011, foram quatro depósitos, somando US$ 1,12 milhão. Em 2012, Eduardo Cunha recebeu só dessa fonte outros US$ 1,34 milhão divididos em seis depósitos. A tabela revela que em 2013 o deputado foi contemplado com mais seis depósitos, totalizando US$ 1,409 milhão. Já em 2014, Eduardo Cunha recebeu outros seis depósitos que somaram US$ 804 mil. “Em relação a primeira tabela, que totaliza US$ 3.984.297,05 tem certeza de que foram destinadas a contas apontadas pela deputado Eduardo Cunha; que em relação a segunda tabela, no valor total de US$ 696 mil, é altíssima a probabilidade de que também eram valores destinados a contas indicadas por Eduardo Cunha, por todo o trabalho investigativo que fizeram, em especial porque não fizeram pagamentos deste tipo a outras pessoas e, também, pelo valor das transferências”, afirmou o empresário.

Ainda segundo o delator, “em nenhum momento Eduardo Cunha lhe disse que as contas eram de titularidade dele, mas tem certeza de que todas estas contas foram indicadas pela deputado Eduardo Cunha; que tampouco o depoente chegou a perguntar a Eduardo Cunha sobre o titular das referidas contas.”Em 14 páginas do processo obtido pelo jornal, o empresário Raul Pernambuco Júnior narra com detalhes encontro com o presidente da Câmara para combinar como seriam realizados pagamentos no exterior. A defesa de Eduardo Cunha foi procurada pela reportagem de O Estado de S. Paulo nesta quinta-feira (14), mas  não se manifestou sobre o caso.

MERCHANDISING

CURTA NOSSA PÁGINA

Todos os direitos reservados Abraão Barros. Tecnologia do Blogger.

MERCHANDISING

MERCHANDISING

JF CLUB APRESENTA

JF CLUB APRESENTA

SANDÁLIAS INHAMUNS

SANDÁLIAS INHAMUNS
Nos melhores comércios de sua cidade!

MAIS SAÚDE

MAIS SAÚDE

CONSULTÓRIO DR. PEDRO FEITOSA

CONSULTÓRIO DR. PEDRO FEITOSA

COMERCIAL SÃO MATEUS

LOJA CENTER MIX

ÓTICAS MARINHO

CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS

CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS

Total de visualizações

VALE A PENA OUVIR

SIGA O AUTOR DO BLOG NO G+

Arquivos de Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA