quarta-feira, 16 de abril de 2014

Diretor do DPI empossa novo delegado de Polícia Civil de Parambu

Da esquerda à direita: Maurício Junior,
Jocel Dantas e Sérgio Santos
O diretor do Departamento de Polícia do Interior – DPI, Dr. Jocel Dantas, esteve em Parambu na manhã desta quarta feira (16), para dar posse ao novo delegado de Polícia Civil designado para este município, Dr. Mauricio Junior.

Maurício Junior é delegado de primeira classe oriundo de concurso público e vem para substituir o então delegado Raimundo Osmar que foi transferido para o município do Cedro. No ato da posse, também esteve presente o Delegado Regional de Tauá, Dr. Sérgio Santos.

Jocel Dantas esclareceu que as constantes mudanças de delgado em Parambu tem se dado por diversos fatores, como por exemplo, ausência de delegados em outras cidades, mas ressaltou que todos tem recebido a determinação de dar andamento e continuidade aos trabalhos da delegacia e continuar dando plantões na 14ª Regional de Tauá.

Já o novo delegado, Mauricio Junior, disse que pretende dar prosseguimento as investigações de inquéritos instaurados e conta com o apoio e confiança da população no repasse de informações.

Parambuense morre vítima de acidente automobilístico em Minas Gerais

Um parambuense de 38 anos de idade, bastante conhecido nesta cidade, faleceu em conseqüência de um acidente automobilístico na cidade de Itaipé, estado de Minas Gerais, distante 528Km da capital mineira. O fato aconteceu por volta das 8h30 da manhã desta quarta feira (16), vitimando fatalmente o João Batista Neto, conhecido por Neto Caracas.

Neto Caracas dirigia uma F.250 Baú em uma rodovia que liga as cidades de Itaipé e Teófilo Otoni, quando veio a colidir com outro veiculo de grande porte. Com o impacto a vitima sofreu hemorragia interna sendo socorrido a um hospital da região quando veio a falecer.

Neto Caracas foi por muito tempo comerciante e proprietário da Padaria União na Rua Antonio Benício Pinheiro, centro de Parambu. O mesmo era filho do senhor Moisés Caracas e dona Lurdes que por muitas anos preservam atividades comerciais na Rua Manoel Alexandre neste município. Deixa a esposa e mais 3 filhos.

A família providencia o translado do corpo para ser velado e sepultado em Parambu. 

Presidente do TJ assume Governo do Estado do Ceará

Até o próximo dia 25 de abril, o comando do Governo do Estado estará nas mãos do presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), Luiz Gerardo Brígido. Isso porque o governador Cid Gomes (Pros) tirou licença de dez dias do cargo para “tratar de assuntos pessoais“, conforme informou, na noite de ontem, a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição. 

Brígido assume a função em meio a um delicado contexto de denúncias de corrupção contra membros do Judiciário cearense. Brígido é o terceiro na hierarquia de interinos que assumem o Governo na ausência do titular do cargo.

Pela ordem, o vice-governador do Estado, Domingos Filho (Pros), deveria ter sido conduzido ao posto; na ausência dele, assumiria o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (Pros). Por motivos eleitorais, no entanto, nenhum dos dois quis ficar no lugar de Cid. Ambos assinaram atos abrindo mão da linha sucessória.

As rejeições se deram porque, pela lei eleitoral, se substituírem o governador por pelo menos um dia a partir de agora, Domingos e Zezinho ficarão impedidos de disputar as eleições para cargos de deputado estadual, federal ou senador. Caso tivessem optado por assumir o posto, só poderiam concorrer à reeleição ao Governo – algo que teria de ser negociado com Cid.

Além do vice-governador e do presidente da Assembleia, disputam no Pros às bênçãos de Cid Gomes para o Palácio da Abolição a ex-secretária estadual da Educação Izolda Cela, o ex-secretário estadual da Fazenda Mauro Filho e o ex-ministro dos Portos Leônidas Cristino.

No ato da posse, realizado na noite de ontem, o governador interino, Gerardo Brígido, disse que tem “perfeita consciência do que seja uma interinidade”. A presidência do TJ-CE ficará a cargo do vice, o desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva.


Fonte: Jornal Opovo

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Frutas, peixes e derivados do leite aumentam em até 100% na semana santa

Como já era de se esperar, os produtos que são consumidos com mais freqüência estão se tornando os grandes vilões do bolso do consumidor na semana santa. Frutas, verduras, peixes, queijo e outros derivados do leite estão todos com preços elevados no comércio parambuense.

Conforme pesquisa feita pelo Blog do Abraão Barros, nos principais pontos de vendas espalhados pela cidade, os principais produtos consumidos na semana santa como o peixe e o queijo sofreram aumento considerável. O peixe (tilápia) que antes custava em média R$ 6,00, foi encontrado ao preço médio de R$ 9,00. O queijo que custa em média R$ 14,00 o Kg está custando entre R$ 15,00 e 20,00. Batatinha, cenoura, beterraba, macaxeira, batata doce e outras frutas praticamente dobraram de preço.

Os consumidores reclamam, mas mesmo assim era intensa a procura pelos produtos citados acima. Do interior também já pode ser notado alguns produtos do roçado como o feijão maduro, milho verde e abobora.

Acidentes, assaltos, tentativa de homicídio e agressão contra mulher marcaram o plantão policial

Foi bastante movimentado o plantão de polícia no ultimo final de semana nos inhamuns. Dentre as ocorrências estão, assaltos, acidentes fatais, tentativa de homicídio e um caso de lei Maria Penha.

Um acidente fatal aconteceu por volta das 9h da manhã de domingo (13), na CE 187, ladeira da Cruz Quiterianópolis, vitimando fatalmente o motorista Francisco Eudes de Oliveira, aproximadamente 50 anos. O mesmo dirigia uma carreta basculante da empresa MR Transportes, placas 0CQ 5142 de Fortaleza, quando perdeu o controle e capotou ficando preso às ferragens. Já por volta das 15h desta segunda feira (14), outro acidente fatal aconteceu na localidade de Cachoeira Grande, trecho da CE 277 em Arneiroz, vitimando fatalmente o agricultor Vandir Duarte, residente no Sítio Veados em Catarina. Vandir dirigia uma moto Broz e teria sobrado em uma curva, sofrendo fortes pancadas pelo corpo e fratura exposta em uma das pernas.

O motorista Helmo Barreto, residente na localidade de Cachoeirinha dos Buegas Tauá, fazia transporte alternativo com 4 passageiros, quando foi vitima de um atentado a bala na noite de sábado (12). O fato aconteceu em Poço de Baixo, quando apareceu um homem na estrada e começou a atirar contra o motorista que embrenhou-se no matagal, sofrendo um disparo na axila. Helmo foi socorrido por populares e levado ao hospital Alberto Feitosa Lima.

Também sofreu um disparo de arma de fogo, o jovem Lucas Miqueias Gomes Pessoa de 18 anos. O mesmo trafegava em uma moto Fan 125, preta, ano 2009, placa NQX 4025, trajeto Quiterianópolis à Santa Rita, também naquele município, quando foi abordado por dois elementos que anunciaram o assalto, efetuando disparos que atingiu o braço esquerdo da vitima. A dupla fugiu em alta velocidade levando a motocicleta e o jovem foi socorrido ao hospital.

Já na manhã desta segunda feira, um assalto à residência foi registrado por volta das 7h30, na Rua Candido Alexandrino, Bairro José Ózimo em Tauá. Dois elementos invadiram uma residência e anunciaram o assalto ao senhor Ilene Abreu, proprietário de uma oficina. Na casa também estavam, a esposa da vitima e uma empregada; ambas foram agredidas. Após o assalto, os bandidos fugiram levando uma aliança, um celular e um veiculo Corola, preto, ano 2011 placa OCC 3761.

Em Parambu aconteceu um caso de agressão contra uma mulher. Antônia Damiana Bezerra Rodrigues, 18 anos, residente na Rua Francisca Evangelista, Bairro Beleza, foi agredida por Gean Lopes Lima, 39 anos. A Policia Militar efetuou a prisão do acusado que foi autuado na 14ª Delegacia Regional de Tauá.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Ematerce inicia segundo ciclo do Programa Brasil sem Miséria em Parambu

A Ematerce local reuniu na manhã desta sexta feira (11), no auditório do sindicato dos trabalhadores rurais, as oitenta famílias que serão acompanhadas pelo órgão no segundo ciclo do Programa Brasil Sem Miséria – PBSM em Parambu. 

A reunião foi coordenada pelo gerente local, Carlos Alberto de Almeida, e também contou com a presença do gerente regional, Renato Carvalho, além de representações da câmara municipal, secretarias municipais de agricultura e meio ambiente e sindicato dos trabalhadores.

Na ocasião, as famílias foram informadas como funciona o Programa Brasil Sem Miséria e assistiram a vídeos que mostraram os bons resultados do primeiro ciclo que se encerrou recentemente, atendendo a mesma quantidade de beneficiários. Ao final, todas as famílias assinaram o termo de adesão ao programa que oferece orientação técnica, acompanhamento continuo pelo período de dois anos e fomento financeiro de pouco mais de R$ 2.000,00 do Governo Federal.

O gerente regional da Ematerce, Renato Carvalho, informou que em toda a região, o órgão irá acompanhar 800 famílias. Também exemplificou casos de sucesso já obtidos com o PBSM que alavancou a renda de várias pessoas que passaram a produzir e comercializar hortaliças, galinha caipira, ovino, caprino, artesanato e etc.

Já o coordenador local, Carlos Roberto, informou que os próximos passos consistem em fazer um diagnostico de cada família para saber quais os programas sociais que já atendem o grupo familiar e desenvolver as atividades de aptidão de cada um.

O Plano Brasil Sem Miséria –PBSM atende famílias com renda per capta de até R$ 70,00 e tem por objetivo incentivar o desenvolvimento de atividades econômicas que possibilitem a família sair da linha da pobreza extrema.

Repercute na imprensa prisões e apreensões realizadas pelo Ibama nos Inhamuns

Uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em parceria com a Polícia Militar prendeu 22 pessoas envolvidas em um esquema de caça de avoantes em 3 municípios do Interior do Estado. 3.500 aves abatidas foram apreendidas na ação.

Além das avoantes e das prisões, 16 motocicletas utilizadas pelos caçadores foram apreendidas na operação, que aconteceu nos municípios de Parambu, Tauá e Aiuaba, na Região dos Inhamuns. Os presos responderão por crime ambiental e devem pagar R$ 500 de multa por cada ave apreendida.

De acordo com Fábio Bandeira, chefe do escritório regional do Ibama em Iguatu, as aves estão em período de reprodução e se tornam uma presa fácil durante a noite, pois voam menos e ficam mais concentradas nos arredores dos ninhos nessa época.

Segundo Bandeira, apesar do grande número de prisões, muitos caçadores ainda conseguiram fugir, mas a operação seguirá com fiscalização intensa na região e em busca dos suspeitos por cerca de 60 dias, período em que as aves ainda estarão em período de reprodução. Cerca de 8 caçadores presos são naturais do Piauí e estavam no Ceará para a prática o crime. 

Parte das aves apreendidas devem ser doadas para instituições de caridade e cadeias públicas da região. O que não puder ser consumido será incinerado.

Fonte: Diário do Nordeste